Notícias

Interna

DEFENSORIA PARTICIPA DO LANÇAMENTO DO SELO DO PROFESSOR FERNANDO FIGUEIRA NO IMIP

Dentro das celebrações do centenário do Professor Fernando Figueira, cuja vida foi pautada na prática da medicina social, o IMIP lançou o Selo Especial Fernando Figueira, em parceria com os Correios. O evento, ocorreu na manhã desta quarta-feira (06) na sala da Defesa de Tese.  A Defensoria Pública de Pernambuco foi representada pela Defensora Pública Cristina Sakaki, Coordenadora do Núcleo da Saúde e da Pessoa Idosa. O lançamento contou  a presença de toda a direção do IMIP, da Superintendente dos Correios, Dayse Ferraz, além de autoridades, como o secretário Municipal de Saúde, Jaílson Correia, familiares e amigos.

Em seu discurso, a Superintendente dos Correios, Dayse Ferraz, disse que o legado do Professor Fernando transcende gerações, cuja vida foi dedicada aos mais pobres. Na solenidade, houve a obliteração do selo. Em seguida, Maria Silvia Vidon e Tereza Campos entregaram ramalhete de flores à Superintendente dos Correios e à viúva, D. Nancy Figueira.

Diplomado pela Faculdade de Medicina do Recife, em 1940, Fernando Jorge Simão dos Santos Figueira, teve sua vida pautada na medicina social. Não só no campo da medicina, como também na política social. Durante sua carreira, o professor Fernando Figueira realizou célebres obras em prol da saúde, especialmente em benefício das pessoas carentes, deixando como herança um dos maiores legados da medicina brasileira e uma lição de vida dedicada aos princípios da solidariedade, fraternidade e respeito aos mais carentes, assim como uma imensa dedicação ao ensino e à produção científica.

Sobre o selo

A emissão é um tributo ao Professor Fernando Figueira, médico, catedrático, autor de livros e diversos trabalhos relacionados à saúde, idealizador de diversas ações voltadas às políticas públicas, sempre visando o bem estar da população. O selo apresenta em destaque a foto do professor. Uma imagem singela que contrasta com seus feitos. Na parte inferior é apresentada a reprodução da estrutura atual do IMIP. Na concepção da arte foi utilizada a técnica de fotografia e computação gráfica.

 

Redação: Fátima Freire

Imagens: @jhpaparazzo

Assessoria de Comunicação

 

 

 

Galeria de Fotos