Notícias

Interna

DEFENSORIA REALIZA MUTIRÃO DO VEM LIVRE ACESSO

A Defensoria Pública e o Grande Recife Consórcio realizaram, na manhã desta sexta-feira (11/05), o Mutirão para Judicialização do VEM Livre Acesso, uma das modalidades do Vale Eletrônico Metropolitano, que dá direito ao transporte gratuito no Grande Recife a pessoas com deficiência.

A ação é voltada para passageiros que tiveram o benefício cancelado após o recadastramento realizado pelo Grande Recife Consórcio de Transportes, gerenciador do sistema. Ao todo, foram oferecidos 80 atendimentos,  previamente agendados. De acordo com a Subdefensora de Causas Coletivas, Jeovana Drummond, esses passageiros já foram atendidos para uma possível conciliação entre o Consórcio, mas não houve êxito, sendo necessária a Judicialização. Participaram da ação servidores e estagiários da Instituição e a equipe do Grande Consorcio.

Segundo a vendedora autônoma, Claudete Trajano, a iniciativa da Defensoria Pública é bastante louvável. "Acredito que o problema do cartão do Vem de minha irmã, que é esquizofrênica, vai ser liberado. O Consórcio alegava que ela não se enquadrava na lista dos que poderiam ter direito ao benefício, mas agora estou com todos os laudos atestando o problema de saúde dela. Saio daqui na certeza que teremos o direito de volta", frisou Claudete.

Outra assistida, que aguarda o direito ao benefício da passagem gratuita para o esposo, é a vendedora Gleicyane Roseno  de Santana. "Ele tem problema de transtorno mental. Há um ano, quando fizeram o recadastramento dele, deixaram de liberar o cartão, nem sei o porquê. Vim a Defensoria Pública com  esperança que teremos o caso resolvido", enfatizou.

 

Redação: Fátima Freire/Ascom-DPPE

Fotos: @jhpaparazzo/Ascom-DPPE

Data: 11/05/2018

Galeria de Fotos