Notícias

Interna

A segunda edição da Campanha de doação de sangue e cadastro doadores de Médula Óssea ocorre em Setembro

As duas instituições voltam a organizar mais uma campanha em prol da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope). A doação de sangue e cadastro de doadores de médula óssea faz parte da Campanha Doe Sangue, Salve Vidas. A Defensoria Pública do Estado e a Defensoria Pública da União estão aguardando as inscrições dos interessados até o dia 31 de Agosto. No dia 01 de Setembro, das 8 às 17hs, serão realizadas as coletas de sangue nas dependências da Sede da DPPE, Rua Marquês do Amorim, 127, Bairro da Boa Vista. Do meio dia às 13hs, há um intervalo. Para dar início as atividades, na tarde de ontem (03/08), as Defensoras Públicas Renata Portela e Fernanda Esmeraldo receberam a Assistente Social do Hemope, Gabriela Ortega e a Técnica de Enfermagem, Midian Barros, para a primeira visita técnica.

 

A parceria das instituições com o Hemope tem o objetivo de aumentar não só o estoque de sangue do hemocentro, mas o número de pessoas cadastradas no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). As Defensoras Públicas do Estado Renata Portela e Fernando Esmeraldo e a Defensora Pública da União, Fernanda Marques, levam a experiência da primeira edição da Campanha realizada no dia 02 de Setembro do ano passado para a atual. “Além, de termos recebido as inscrições de Defensores Públicos, servidores, terceirizados e estagiários de ambas as Instituições, estamos estimulado ainda mais a participação do público externo”, disse Renata Portela. As inscrições podem ser feitas pelo WhatsApp 9.8224-5950. Basta deixar o nome completo e o número do telefone.

 

O Defensor Público-Geral do Estado, Manoel Jerônimo de Melo Neto e o Defensor Público-Chefe da DPU no Recife, Pedro de Paula Lopes de Almeida, lembram que outro objetivo da Campanha Doe Sangue, Salve Vidas é desmistificar os procedimentos das coletas de sangue e médula óssea. “Não há o que temer, e sim o que celebrar. Você estará salvando a vida de muitas pessoas e aumentando o ciclo da solidariedade, que é fundamental para um sucesso mais eficiente de uma ação como essa”, enfatizaram os gestores das da DPPE e DPU.

 

Na primeira edição, ano passado, cerca de 150 pessoas aderiram a Campanha. Ao final do dia, foram formalizadas mais de 80 contribuições: 48 bolsas de sangue e 43 pessoas cadastradas no Registro Nacional de Doadores de Médula Óssea.

 

Redação: Viviane Souza / Ascom-DPPE

Fotos: @jhpaparazzo / Ascom-DPPE

 

 

Galeria de Fotos