Defensoria Amiga da Comunidade é dos destaques da atual gestão

O programa Defensoria Amiga da Comunidade vem promovendo a inclusão social e esclarecendo a população sobre Direito da Família, do Consumidor, Criminal, do Idoso, da Criança e do Adolescente, nos diversos municípios do estado. O programa que surgiu em 2010 e serve de referência para seis Estados da Federação, tirou os Defensores dos seus gabinetes e está levando às comunidades mais carentes o atendimento in loco.

“O propósito desse projeto é atender as demandas da população mais carente trabalhando na mediação de conflitos e facilitando o acesso aos serviços jurisdicional. Dessa forma evitamos muitas brigas, entre famílias e vizinhos, ao esclarecermos onde começa o direito de um e termina o do outro”, conta a coordenadora da Subdefensoria das Causas Coletivas e do Programa Defensoria Amiga da Comunidade, Nátali Brandi.      

Todos os sábados os defensores orientam e esclarecem a população promovendo a cidadania e atuando na prevenção da violência. Com essa metodologia a Defensoria Amiga da Comunidade, além de atender os mais carentes, também promove a paz social e a conciliação de interesses nos locais onde ocorrem os conflitos.

São oferecidos serviços relacionados às ações cíveis do Direito de Família, do Consumidor, Conciliação, Acordos, Divórcios, Casamento Civil gratuito e reconhecimento de paternidade. Em relação a emissão de documentos como Carteira de Trabalho e Carteira de Identidade é com a SDS - Secretaria de Defesa Social. Os mutirões chegam a receber de 800 a 1.000 pessoas por dia e cerca de 100 mil cidadãos já foram atendidos em mais de 300 comunidades, desde 2010.

Há também uma parceria com outras instituições como a Secretaria de Defesa Social, Secretaria de Articulação e Ação Social, Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Secretária da Mulher, Celpe, Sesc e Compesa. “Essas instituições, muitas vezes, solicitam nossa ajuda e o programa Defensoria Amiga da Comunidade vem atuando de maneira efetiva resolvendo os conflitos nas comunidades carentes", conta Nátali Brandi.

O programa já prestou atendimento nos bairros de Nova Descoberta, Dois Unidos, Ibura, Alto do Maracanã, Linha do Tiro, Córrego do Euclides dentre outras comunidades do Recife. Também aconteceram ações nas cidades de Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Igarassu, Abreu e Lima, Nazaré da Mata e Carpina.

Galeria de Imagens